Imprimir

CATI comemora dia do Produtor Rural na FAFRAM

AddThis Social Bookmark Button

banner-dia-agricultor-2016

Evento homenageou agricultores dos 12 municípios abrangidos pela CATI de Orlândia

Foi comemorado em todo o país, na última quinta-feira, 28 de julho, o Dia do Produtor Rural. Para celebrar a data, a CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral) de Orlândia, que abrange doze cidades da região, promoveu ontem, dia 29, reunião festiva, quando foram servidos café da manhã e almoço de confraternização.

O encontro aconteceu na Faculdade Doutor Francisco Maeda (Fafram), na Casa do Diretor, e reuniu mais de 400 pessoas de toda a região. Entre as autoridades presentes estava o secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim.

Além do secretário, fizeram parte da mesa-diretora, o diretor-técnico de Divisão do Escritório de Desenvolvimento Rural de Orlândia, órgão regional da CATI, Paulo César da Luz Leão; o vice-presidente da Fundação Educacional de Ituverava, Pedro César Galassi; o diretor-executivo da FE, Roberto Inácio Barbosa; o diretor da Fafram, Márcio Pereira; o assessor político Ricardo Sandoval Garcia, que representou o prefeito Walter Gama Terra Júnior; o prefeito de Buritizal, Davi Abmael Davi; o prefeito de Ipuã, José Francisco Souza; o membro do EDR de Orlândia, Renato Franco; o vereador Luiz Araújo e o presidente do Sindicato Rural de Ituverava, Gustavo Ribeiro Rocha Chavaglia.

Homenageados

Durante o evento foram homenageados produtores rurais das doze cidades que fazem parte do CATI de Orlândia: Aramina, Buritizal, Guará, Igarapava, Ipuã, Miguelópolis, Morro Agudo, Nuporanga, Orlândia, Sales Oliveira e São Joaquim da Barra. De Ituverava, recebeu a homenagem o agricultor Nivaldo Galdiano Flores. (confira os homenageados no quadro).

Em entrevista concedida à Tribuna de Ituverava, o diretor-técnico de Divisão do Escritório de Desenvolvimento Rural de Orlândia, órgão regional da CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integrada), o engenheiro agrônomo Paulo César da Luz Leão fala sobre a comemoração.
“A CATI e a Fafram promoveram o sexto Encontro do Dia do Agricultor, quando foram homenageados um produtor de cada cidade abrangida pela CATI de Orlândia, que escolhido para representar o seu município”, afirma.

“O objetivo é prestar uma justa homenagem ao produtor, que contribui com a alimentação de toda a população e está presente em quase tudo em nossa vida. Uma homenagem mais do que justa”, ressalta Leão.
O diretor da Fafram, Márcio Pereira, elogiou a classe produtora. “É um dia muito especial para a classe produtora, e a Fafram tem um papel muito importante nesta área, pois há anos tem formado profissionais capacitados, que é primordial à agropecuária, que é um dos setores que sustenta a economia do Brasil”, completa o diretor.

Produtores homenageados durante o evento

Ituverava: Nivaldo Galdiano Flores
Aramina: Roberto de Paula Barbosa
Buritizal: Wilson Garcia Sobrinho
Guará: Márcio Okubo
Igarapava: Valentim Helder de Paula
Ipuã: Carmem Silvia de Almeida Barbosa Gonçalves
Miguelópolis: Sebastião Afonso Dutra
Morro Agudo: Alexandre Vanis Volpon
Nuporanga: Carlos Adalberto Maniero
Orlândia: José Adalberto Carneiro Teixeira
Sales Oliveira: Antônio Balugoli Filho
São Joaquim da Barra: Darci Eduardo Scarelli

Fonte: Tribuna de Ituverava

Fotos

IMG-20160801-WA0007

IMG-20160801-WA0007

IMG-20160801-WA0007

IMG-20160801-WA0007

IMG-20160801-WA0007

IMG-20160801-WA0007

IMG-20160801-WA0007

IMG-20160801-WA0007

IMG-20160801-WA0007

IMG-20160801-WA0007

Imprimir

Laboratório da Fafram recebe certificado da Control-Lab

AddThis Social Bookmark Button

certificado-laboratorio

O Laboratório de Análises Clínicas Veterinário da Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), instituição mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, recebeu o certificado do Ensaio de Proficiência de Veterinária 2015, pela empresa Control-Lab, creditada pelo CGCRE/Inmetro, habilitado pela ANVISA/Reblas e certificado ISO9001, a qual avalia gestão da qualidade dos processos analíticos laboratoriais, com comprovação anual em certificado de proficiência.

A Control-Lab é uma empresa que avalia através de testes laboratoriais mensais, profissionais, equipamentos do laboratório e suas respectivas análises. O ensaio de proficiência atesta que o laboratório produz dados confiáveis e consistentes, sendo uma ferramenta de controle de qualidade eficaz na determinação do desempenho da fase analítica do laboratório.

Na foto, o professor Sérgio Renato Macedo Chicote, responsável pelo laboratório, a biomédica Aline Oliveira Cunha, a bióloga Jéssica Cristina Caretta Teixeira e a biomédica Larissa Oliveira

Buscando Melhorias

“Por meio das avaliações e análises de especialistas, cujos relatórios são enviados mensalmente, é possível apontar erros, possíveis causas e desempenho, para que cada um possa comparar seu desempenho com os demais, e assim buscar melhorias”, afirma o professor Sérgio Renato Macedo Chicote, responsável pelo laboratório.

O Laboratório Veterinário da Fafram está certificado para 32 análises e recebe materiais biológicos como: sangue, fezes, urina, raspas de pele e secreções de diversas clínicas veterinárias de Ituverava e região, de animais internados e externos do próprio Hospital Veterinário da Fafram.

O laboratório conta atualmente com os seguintes Exames
Bioquímica: albumina, bilirrubina total, creatinina, fosfatase alcalina, gGT, glicose, proteínas totais, TGO/AST, TGP/ALT, ureia.

Hematologia: hemograma (canino, felino), hematoscopia (canino, equino, felino),hematoparasitologia (canino, equino, felino), identificação celular, reticulócitos.

Parasitologia: identificação (canina e equino)

Sarna: identificação

Urinálise EAS: bilirrubina total, corpos cetônicos, glicose, hemoglobina hemolisada, leucócitos, nitrito, pH, proteínas.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

FE forma liga unido contra o Aedes (LUCA)

AddThis Social Bookmark Button

banner-lucaNo dia 28 de janeiro, alunos dos cursos da Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram) e da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), instituições mantidas pela Fundação Educacional de Ituverava, se reuniram para formar a LUCA (Liga Unidos Contra o Aedes).

Os objetivos do grupo são conhecer as regiões com os maiores índices de proliferação do mosquito Aedes aegypti no município, orientar a população e realizar ações de prevenção junto com o Poder Público para impedir a proliferação do vetor. Outro objetivo é explicar que o mosquito pode transmitir, além da dengue, chikungunya, febre amarela e zika vírus.

Segundo o professor Sérgio Renato Macedo Chicote, orientador dos membros da LUCA, a idéia é desenvolver atividades que estejam relacionadas ao campo educacional. “Alguns exemplos são atividades educativas e de mobilização social, envolvendo os alunos de todos os cursos da Fundação Educacional e da Rede Pública de ensino estadual e municipal, e a comunidade em geral, possibilitando que a população conheça sobre como evitar a proliferação das doenças causadas pela picada do mosquito Aedes segypti”,Afirma.

Reuniões
Segundo a presidente da liga, Jéssica Cristina Caretta Teixeira, serão realizadas reuniões para planejar, viabilizar e desenvolver a informação através de ações de prevenção e controle do mosquito. “Vale ressaltar que em água limpa e parada, o mosquito Aedes aegypti se desenvolve entre 7 e 10 dias, ou seja, significa que em uma semana pode ocorrer a proliferação das doenças. Por isso, eliminar os focos do mosquito é a maneira mais eficaz no combate ao Aedes aegypti”, completa.

Os interessados em conhecer melhor o trabalho desenvolvido pela LUCA (Liga Unidos Contra o Aedes) podem entrar em contato através do e-mail  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Diretoria da LUCA

Coordenador: Sérgio Renato Macedo Chicote

Presidente: Jéssica Cristina Caretta Teixeira

Vice-presidente: Renan Calliman de Oliveira

1º secretário: Camila Nogueira Ribeiro

2º secretário: Francielly Silva Pereira

Relações Públicas: Gisele Oliveira Souza

Rede Social: Ygor Oliveira Senhuk

Vogais: Ana Júlia Ferreira Pedroso, Vitor Antônio de Melo Caliman e Nadine Borges Pereira

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Comitê contra a dengue discute projetos na área educacional

AddThis Social Bookmark Button

Assunto foi abordado na reunião realizada na última segunda-feira

banner-luca-01Na última segunda-feira, dia 29 de fevereiro, a Prefeitura de Ituverava, através da Secretaria Municipal da Saúde, promoveu mais uma reunião do Comitê de Mobilização Social Contra a Dengue. A reunião foi no salão de eventos da Associação dos Funcionários do Município de Ituverava (AFMI) e contou com a participação de secretários municipais, enfermeiros, diretores e coordenadores de escola, alunos, dentre outros.

Além de mostrar as atividades realizadas pelos subcomitês desde o último encontro, a reunião discutiu o trabalho da Educação no combate ao mosquito Aedes aegypti.

Durante o evento, a LUCA (Liga Unidos Contra o Aedes) formada por alunos da Faculdade de Filosofia, Ciêcias e Letras de Ituverava e da Fafram, apresentou seu o objetivo e as atividades que já foram realizadas pela Liga, assim como as próximas que serão desenvolvidas em parceria com o Poder Público.

As diretoras e coordenadoras de escolas públicas e privadas apresentaram trabalhos e projetos que foram realizados nas instituições, assim como os resultados alcançados.

A secretária da Educação, Renata Ribeiro Sandoval Ferreira Pagotto, participou do encontro e apresentou o projeto “Agente Mirim de Combate à Dengue”. Ele funcionará da seguinte forma: alunos de 7 a 14 anos da Rede Municipal participarão ativamente no combate ao mosquito. Cada estudante terá a missão de conscientizar as pessoas de determinadas casas e, depois, cadastrá-las em uma ficha, que será depositada em uma urna.

Sorteio
No final do projeto, será realizado um sorteio e as residências sorteadas serão visitadas pelos agentes de endemias que irão comprovar se realmente as lições dos agentes mirins funcionaram. Se a casa estiver livre de focos, o aluno que visitou o imóvel ganhará uma viagem a Ribeirão Preto. Ao todo, o projeto pretende presentear 80 alunos com a viagem.

A secretária da Educação também ressaltou que, durante as reuniões entre os pais dos alunos, professores e direção da escola, têm sido discutidas ações que possam combater ao mosquito Aedes aegypti nas proximidades das escolas, assim como as medidas que todos precisam tomar para evitar focos de dengue no interior das residências.
O secretário da Saúde, Dr. Gonçalves Aparecido Dias, falou sobre a reunião. “Foi muito importante para esclarecer o papel da Educação no combate à dengue, pois as crianças, adolescentes e jovens são muito importantes para ampliar a conscientização dos riscos de uma epidemia de dengue em nosso município”, explica o secretário.

Elogio
O prefeito Walter Gama Terra Júnior parabenizou os envolvidos no Comitê de Mobilização Social Contra a Dengue. “Estou muito orgulhoso com os resultados do Comitê Contra a Dengue. É fundamental que todos se engajem na causa, para que nossos objetivos sejam alcançados. Agradeço e parabenizo os participantes do Comitê, os subcomitês e de uma maneira especial as escolas, faculdades, alunos e professores que estão fazendo parte dessa luta”, elogia Gama Terra.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

FAFRAM realiza recepção de calouros de vários cursos

AddThis Social Bookmark Button

banner-recepcao-calouros-2016A Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), instituição mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, realizou, no dia 1º de fevereiro, a Recepção de Calouros dos cursos de Agronomia, Direito e Medicina Veterinária, no campus II da FE (Sítio das Acácias), onde funciona a Fafram.

O objetivo foi dar boas-vindas aos alunos que estão ingressando na instituição de ensino.

Eles estavam acompanhados de seus pais e foram recepcionados, pelo diretor da Fafram, Márcio Pereira, que apresentou slides mostrando a estrutura administrativa da FE.

Em seguida, ele falou sobre o Conselho de Administração Superior, sua composição, os coordenadores dos cursos, corpo docente e sua qualificação acadêmica, que é composto por 50% de doutores, 40% de mestres e 10% de especialistas.

Pereira também destacou a importância de diversos projetos sociais desenvolvidas pela instituição, como o Trote Solidário - realizado com os alunos ingressantes; Projeto Melhorando a Vida no Campo; Inclusão Digital de Jovens (Projovem); Inclusão Digital da Melhor Idade; Projeto de Educação Ambiental; Projeto de Zooterapia (desenvolvido na Apae de Ituverava); Projeto castração de animais e Projeto Carroceiro.

“A FE, juntamente com a Fafram, trabalha para que os nossos alunos tenham total acesso ao conhecimento, obtendo resultado positivo na vida acadêmica, para que, depois de formados, possam ser excelentes profissionais, com capacidade para se sobressair no competitivo mercado de trabalho”, enfatiza Márcio Pereira.

Financiamento
O colaborador do Departamento Jurídico da Fundação Educacional, Clóvis Nicolino Júnior, explicou as regras do Financiamento Estudantil de 50% das mensalidades, que é um crédito exclusivo para alunos da FE, que preencham os requisitos necessários.

“O crédito não é uma bolsa, pois o financiamento estudantil é diferente de bolsa de estudo, é um empréstimo como qualquer outro. Assim, no futuro, depois de formado, o profissional poderá quitar o empréstimo”, ressalta.

Café da manhã
Em seguida, foi servido um café da manhã e posteriormente, os alunos seguiram para as salas de aula de seus respectivos cursos. Mais tarde, encerrando a recepção, houve um almoço de confraternização realizado pelos Diretórios Acadêmicos.

Trote Solidário
No dia 2, os alunos dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária participaram do tradicional Trote Solidário, realizado na Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (Apae).

Os calouros do curso de Direito realizaram uma visita técnica ao Núcleo Jurídico da instituição. Na quarta-feira, dia 3, os Diretórios Acadêmicos promoveram uma gincana com os novos alunos.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Subcomitês de combate à dengue realizam ações no final de semana

AddThis Social Bookmark Button

banner-luca-02‘Na última semana, os subcomitês de Mobilização Social Contra a Dengue deram início, a uma série de atividades, nos finais de semana, para conscientizar a população, sobre a importância do combate à dengue no município. Todas as ações estão sendo realizadas com a participação da equipe de Controle de Vetores, que junto com os voluntários do PSF tem organizado ações em todos os subcomitês do município.

No último sábado, dia 20, a ação foi realizada pelo PSF do bairro Guanabara no salão comunitário do bairro, com o apoio da LUCA (Liga Unidos Contra o Aedes), que é formada por alunos da Fafram e da FFCL.

No domingo, dia 21, o evento foi promovido pelo PSF da Vila Independência na Praça do Largo do Rosário, onde foi realizada uma campanha com as crianças do bairro. Elas captavam possíveis criadouros do Aeds Aegypti e trocavam por sacolés.

Estão programadas para a manhã deste sábado, dia 27, as ações dos subcomitês dos PSFs da Cohab/Nosso Teto, Capivari da Mata e Aparecida do Salto. E amanhã, dia 28, será a vez do distrito de São Benedito da Cachoeirinha.

Apoio da população
O prefeito Walter Gama Terra Junior agradece aos participantes das ações, pela dedicação à campanha. “Estamos muito felizes com o número de pessoas que tem dedicado parte do seu dia para ajudar a combater o mosquito Aedes aegypti. Com o apoio de todos, nossa cidade pode se livrar de uma epidemia de dengue, zika vírus e chikungunya. Muito obrigado a todos”, agradece Gama Terra.

As pessoas interessadas em participar como voluntárias dos subcomitês de Mobilização Social Contra a Dengue devem procurar o Posto de Saúde mais próximo de sua residência.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

FAFRAM recebe Selo Instituição Socialmente Responsável da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)

AddThis Social Bookmark Button

A Faculdade Dr. Francisco Maeda - FAFRAM, recebeu mais uma vez o “Selo Instituição Socialmente Responsável”, certificando a participação na 11ª Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular.

O selo é conferido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) com o objetivo de certificar que a IES participou da Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular e está verdadeiramente engajada com o ensino responsável.

Selo:

banner-responsabilidade-2015

Veja Também

Prev Next