Imprimir

Aula Magna do curso de Direito 2019

AddThis Social Bookmark Button

banner-aula-magna-direito-2019

No último dia 13 de fevereiro de 2019, aconteceu nas dependências da FFCL à aula de abertura do Curso de Direito. Na ocasião, estiveram presentes alunos, ex-alunos, professores e advogados, que por sinal foram prestigiados com uma grande palestra Ministrada pela Dra. Eliana Nogueira, Juíza do Trabalho da Cidade de Franca.

Diogo Augusto, presidente do Diretório Acadêmico, destaca que: "Foi uma alegria muito grande acolher a juíza em nosso meio, sobretudo pelo seu grande conhecimento e pela sua belíssima atuação nas questões sociais. Ademais, para nós foi um grande presente, pois de fato, a agenda da Dra. Eliana é cheia de compromissos". Para abrilhantar o evento ela trouxe como tema: "A reforma trabalhista: Uma nova justiça do trabalho?". Sem dúvida alguma foi uma noite muito rica para os participantes, que, por sinal, contaram com um grande publico participante.

O Diretório Acadêmico do Curso de Direito por meio de sua diretoria cultural, tem promovido palestras uma ou duas vezes ao mês voltado para âmbito prático das atividades jurídicas. "Desde o princípio, o Diretório teve como foco o meio acadêmico, sobretudo levando em consideração a necessidade de destaque no mercado de trabalho. Além disso, como é de conhecimento, prezamos muito pela qualidade do ensino. Ouvindo as reinvindicações de muitos alunos, optamos pelo investimento no setor acadêmico", destaca Paulo Sérgio, Vice Presidente do Diretório Acadêmico. Desse modo, Diogo Augusto conclui dizendo: "No que depender de nós, continuaremos investindo recursos e tempo para que muitos de nossos colegas e alunos sejam prestigiados com grandes palestras e inúmeras possibilidades na área do conhecimento".

Imprimir

Alunos do Direito visitam sede do TRT-15

AddThis Social Bookmark Button

banner-trt-15

Alunos do curso de Direito da FAFRAM visitaram na quarta-feira, 25/4, a sede do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Campinas acompanhados pela professora Renata Romani de Castro.

A visita, organizada pela Escola Judicial do TRT-15 (Ejud-15), teve início no Plenário "Ministro Coqueijo Costa", localizado no 3º andar do edifício-sede da Corte, onde o grupo recebeu as boas-vindas da secretária do Tribunal, Ednamara Aparecida Gonçalves Câmara, e participou da costumeira sessão de fotos com a beca.

Na sequência, os alunos acompanharam um julgamento da 3ª Seção de Dissídios Individuais (3ª SDI) da Corte. Antes da sessão, o desembargador Fábio Grasselli fez uma breve exposição sobre a Ação Rescisória, objeto de competência da 3ª SDI.

Em seguida, o presidente da Seção, desembargador Eduardo Benedito de Oliveira Zanella, saudou os estudantes e professores presentes, dizendo que o Tribunal se sentia honrado com a presença dos alunos. O magistrado também externou a satisfação de poder mostrar aos estudantes o funcionamento do órgão colegiado e os procedimentos adotados nos julgamentos.

Os alunos também tiveram a oportunidade de conhecer, no 4º andar do edifício-sede, as novas instalações do Centro de Memória, Arquivo e Cultura do TRT-15 (CMAC), que oferece ferramentas modernas de exposição permanente dos acervos documentais e históricos, nos quais estão registrados a evolução da história do trabalho e da Justiça do Trabalho no Brasil, particularmente da 15ª Região.

Já nas dependências da Ejud, foi exibido o vídeo institucional do TRT-15 e os alunos assistiram a uma palestra ministrada pelo desembargador Ricardo Regis Laraia, sob o título "Formação Histórica e Relações de Trabalho no Brasil".

Alunos de outras faculdades de Araras, Bebedouro e Ribeirão Preto tambem realizaram visita no mesmo dia.

materia visita estudantes palestra 03

Fonte: Site do Tribuna Regional do Trabalho 15ª Região

Imprimir

Alunos da FAFRAM terão bolsa para curso Damásio

AddThis Social Bookmark Button

banner-fafram-damasioNa visita à Fafram (Faculdade Doutor Francisco Maeda) na manhã de terça, dia primeiro, os diretores da Fundação Educacional de Ituverava, entidade mantenedora, informou a parceria com a Damásio Educacional, que proporcionará bolsas integrais para os alunos da instuição.

“A FE proporcionará bolsas integrais para estes cursos com durações de um ano para alunos do quarto ano e de cinco meses para os alunos que vão prestar a primeira fase da OAB”, explicou o presidente da Fundação, Pedro César Galassi.

Para os ex-alunos que tiverem interesse serão proporcionadas bolsas de 50%.

“O curso agrega mais conhecimento e um preparatório também, nossa tendência e o que nós esperamos com esta parceria é que a gente atinja um índice de aprovação de 50, 60% na OAB”, destacou o diretor da Fafram Márcio Pereira.

O Damásio Educacional, situado na região central de São Paulo, instituição tradicional na área do Direito – 44 anos de atuação no País –, possui atualmente mais de 50 mil alunos em cursos de graduação, pós-graduação, preparatórios para o Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e para as carreiras públicas.

Reconhecida nacionalmente por sua excelente reputação acadêmica, é uma das instituições mais conceituadas quando se fala em Direito e preparação para carreiras públicas. Com mais de 80 anos de história em educação e que está presente em 40 países, com mais de 110 mil alunos.

Fonte: Jornal O Progresso

Imprimir

Fafram recebe doações de livros para Biblioteca Jurídica

AddThis Social Bookmark Button

banner-livros-direito-busaA Fafram (Faculdade Doutor Francisco Maeda) recebeu esta semana a doação de cerca de 250 livros que foram doados para a biblioteca do curso de Direito. Os livros foram doados pelo advogado Dr. Fabiano Estevão Pavan Gonçalves.

Estiveram presentes para receber as doações, o presidente da FE (Fundação Educacional de Ituverava) Pedro César Galassi, o conselheiro Luiz Carlos Rodrigues “Busa” e o diretor da Fafram professor Doutor Márcio Pereira.

O advogado ressaltou que foi motivado pelo trabalho reconhecido que é desenvolvido pela Fafram e Fundação Educacional em Ituverava e que as Bibliotecas Jurídicas sempre necessitam de livros.

Segundo ele, como está migrando para digital, os livros estão perdendo a funcionalidade para os profissionais, contudo, lembrou que “para quem está iniciando na vida acadêmica, os primeiros atos de consultas são com os físicos”.

“E também para incentivar todos os profissionais das diversas áreas que puderem doar aqueles livros que estão parados, pois assim vão produzir muito mais na biblioteca do que nas estantes”, lembrou.

Adriano é de Uberaba e possui um hangar no Aeroporto de Ituverava e se considera também ituveravense pela acolhida que recebeu na cidade e por passar tempo considerável na cidade. O diretor, o conselheiro e o presidente da entidade agradeceram a nobre atitude do profissional.

Fonte: Jornal O Progresso

Imprimir

Curso de Direito conta com novas Lousas Digitais

AddThis Social Bookmark Button

banner-lousa-digital-faframA diretoria da Fundação Educacional de Ituverava esteve na manhã de terça-feira, dia primeiro de agosto na Fafram (Faculdade Doutor Francisco Maeda), para apresentar aos alunos os novos equipamentos que estão agregando às aulas do curso de Direito.

A instituição instalou cinco novas lousas digitais interativas que têm a finalidade de proporcionar uma estrutura moderna para os professores e alunos. De acordo com o diretor da Fafram, professor Doutor Márcio Pereira, a tendência é ampliar para os demais cursos também, mas inicialmente para cinco salas de Direito.

“São lousas inovadoras em termos de tecnologia, inclusive a empresa que fez a instalação comentou que é a primeira instituição com a tecnologia completa em relação à Lousa Digital interativa”, destacou Pereira.

De acordo com ele, o equipamento permite que o professor faça uma interação com a lousa como se fosse um próprio computador ligado diretamente à rede da internet. “É uma ferramenta fantástica que permite o acompanhamento remoto imediato com os processos que hoje são todos eletrônicos no judiciário”, ressaltou o diretor.

O presidente da Fundação, entidade mantenedora da Fafram, Pedro César Galassi, explicou que todos os cursos da instituição possuem laboratórios que proporcionam mais dinâmicas às aulas e ao conhecimento.

“No caso do curso de Direito o laboratório são as lousas digitais que acabamos de adquirir, bem como a nossa biblioteca jurídica que atualmente é uma das mais modernas do Brasil, favorecendo portanto às pesquisas nos mais diversos universos, seja no campo físico ou digital”, afirmou Galassi.

Além do presidente, estiveram presentes no lançamento da lousas digitais, o diretor executivo Roberto Inácio Barbosa, o vice-diretor executivo Antônio Gonçalves Delgado, o tesoureiro Seandro Duarte Esteve e o superintendente Luís Olavo Alves “Luque”.

Legenda da Foto: Presidente e diretores da Fundação Educacional de Ituverava, diretor da Fafram apresentam equipamento interativo.

Fonte: Jornal O Progresso

Imprimir

Alunos do Curso de Direito da FAFRAM realizam Júri Simulado

AddThis Social Bookmark Button

banner-juri-simulado-fafram-2017A Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram) – instituição mantida pela Fundação Educacional de Ituverava – promoveu, na última terça-feira, 8 de agosto, a sessão simulada do Tribunal do Júri.

O evento foi realizado no Escritório de Assistência Judiciária (EAJ), no campus I (FFCL), e reuniu autoridades convidadas, professores e alunos do curso de Direito.

A sessão foi presidida pelo juiz de Direito Dr. Clóvis Humberto Lourenço Júnior, que conduziu o júri fictício de Crimes Dolosos Contra a Vida. Atuaram no júri, que foi acompanhado por advogados estudantes através de um telão no Salão Nobre da FE, os alunos da 10ª turma de Direito da Fafram.

Participação

A atividade é realizada anualmente, com a participação de alunos, autoridades jurídicas e convidados. O objetivo desta atividade didática é familiarizar o aluno com o ambiente de um Tribunal, explicar o funcionamento de uma sessão de Júri, bem como, divulgar o curso de Direito.

“O júri simulado é expressamente importante para a familiaridade do acadêmico com o plenário, haja vista que todo caso de homicídio doloso é levado a júri popular”, explica o vice-presidente do Diretório Acadêmico “Dr. Antônio Roberto Sandoval Filho”, Gustavo Custódio Privato Eik.

O diretor da Fafram, Márcio Pereira, elogia a atividade. “É muito importante para dar uma visão prática àquilo que os alunos aprendem em sala de aula ao longo do curso. Fico muito feliz porque os alunos não só participam, mas se empenham para atuar no júri. Estão todos de parabéns”, elogia o diretor.

Ao fim do evento, o DA de Direito presentou o juiz de Direito Dr. Clóvis Humberto Lourenço Júnior com uma caneta.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Alunos do Direito visitam a Central de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos na FAFRAM/FE

AddThis Social Bookmark Button

visita-central-curso-direitoNo último dia 03 de abril, os alunos do 9º ciclo do curso de Direito, como atividade complementar da disciplina de Direito Ambiental, realizaram visita técnica na Central de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos na FAFRAM/FE, acompanhados pela Professora Renata Romani de Castro, visualizando na prática a regulamentação constante na Lei 7.802/1989 - Lei de Agrotóxicos.

Inicialmente os alunos participaram da palestra sobre o Sistema Campo Limpo, organizada pela Professora Regina Eli de Almeida Pereira e seus assistentes, na qual foi abordado o trabalho do INPEV - Instituto de Processamento de Embalagens Vazias - bem como toda a forma de responsabilização e fluxo de logística para retirada da embalagens do Meio Ambiente.

Em um segundo momento, ocorreu a visita in loco na Central, onde os alunos conheceram todo o processo de recebimento, separação, triagem, compactação e destinação de todo material.

Essa visita ressalta o compromisso da FAFRAM/FE na educação e informação para preservação e cuidado com o Meio Ambiente, não formando apenas profissionais, mas cidadãos comprometidos com o crescimento do nosso país.

Veja Também

Prev Next