Imprimir

Professora da FAFRAM participa de Workshop Internacional em Campinas

AddThis Social Bookmark Button

Objetivo foi apresentar aspectos para uma agricultura sustentável, dentro de um cenário de rápida evolução da mudança climática

Nos dias 7 e 8 de maio, a professora de Meteorologia Anice Garcia, que faz parte do corpo docente da Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), participou do “International Workshop Strengthening Weather and Climate Services in a Sustainable Agriculture and Climate Change Perspective Through Communication and Dissemination”, em Campinas. O evento reuniu profissionais de 11 países.

Participaram do workshop várias autoridades, entre elas a secretária de Agricultura do Estado de São Paulo, Monika Bergamaschi; o cônsul da Itália no Brasil e diretor da Divisão de Agrometeorologia da Organização Meteorologia Mundial, Dr. Robert Stefanski; o diretor do INMET, Dr. Antônio Divino Moura; o coordenador da APTA/SAA, Dr. Orlando Melo de Castro; o representante da OMM no Brasil, Dr. José Camacho e o coordenador da CATI, Engenheiro Agrônomo José Carlos Rossetti; além de vários profissionais da área.

O Encontro foi coordenador por Orivaldo Brunini, do IAC e responsável pelo Centro integrado de Informações Agrometeorológicas (CIIAGRO). A organização é da FUNDAG e APTA.

“O principal objetivo foi apresentar aspectos para uma agricultura sustentável, dentro de um cenário de rápida evolução da mudança climática. Neste contexto, a comunicação tem papel fundamental para a disseminação de informações-chave, que visem à difusão do aperfeiçoamento tecnológico e o favorecimento das ações de transferência de tecnologias”, explicou a professora Anice, em entrevista à Tribuna de Ituverava.

Mais acessível
Segundo ela, durante o workshop foi discutida a preocupação de tornar conhecimentos técnicos cada vez mais acessíveis a todos, de forma fácil, rápida e objetiva.

“O evento foi bastante interessante, tendo sido sucinto e ao mesmo tempo esclarecedor, no que tange a nossa realidade, frente aos diversos países participantes e da preocupação generalizada em se desenvolver meios eficientes de disseminar os dados meteorológicos e com a qualidade e sua aplicabilidade. Vale, por fim, salientar a organização, a escolha dos convidados, o controle nos trâmite dos trabalhos e a pontualidade, que foram impecáveis”, concluiu Anice.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Veja Também

Prev Next