Imprimir

Fafram dá importante passo para se internacionalizar

AddThis Social Bookmark Button

banner-universidade-peruApós ter se consolidado como uma referência em todo o país, a Fundação Educacional de Ituverava agora busca se internacionalizar. E um importante passo para iniciar este projeto, foi firmar convênio com a Universidade Nacional Amazônica da Madre de Deus (UNAMAD), do Peru.

O documento foi assinado pelo diretor da Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), Márcio Pereira, e pelo o pró-reitor da UNAMAD, Percy Amilcar Zevallos Pollito.

O convênio prevê, entre outros benefícios para as instituições, a viabilização do intercâmbio de estudantes e professores e a realização de pesquisas acadêmicas.

Para que a parceria fosse formalizada, a Fafram passou por uma rigorosa avaliação na infraestrutura, quando foram verificadas diversas questões que constataram que a instituição atende às exigências para a formalização do convênio.

Foram analisados, por exemplo, critérios referentes ao PDI (Plano de Desenvolvimento da Instituição), biblioteca, laboratórios, Hospital Veterinário, Fazenda Experimental, capacidade de atualização, grade pedagógica e corpo docente.

Escolha

Em entrevista, Percy Amilcar Zevallos Pollito explica os motivos de a Fafram ter sido escolhida para a parceria. “Visitamos outras instituições pelo Brasil, mas nenhuma delas tinha um conceito tão alto junto ao MEC quanto a Fafram, tanto em cursos de graduação quanto em cursos de pós-graduação”, afirma.
“A instituição é referência em todo o Brasil e chamou nossa atenção pela sua qualidade em ensino, em pesquisa e responsabilidade social”, destaca.

Ainda segundo ele, a UNAMAD tem parceria com outras instituições brasileiras, como a Universidade Federal do Pernambuco e a Universidade Federal do Acre, além de instituições de outros países. “A Fafram se encaixou perfeitamente no que buscávamos e tenho certeza de que a parceria dará excelentes resultados”, ressalta.

Internacionalização

O diretor da Fafram, Márcio Pereira, também fala sobre o convênio. “O objetivo é promover a internacionalização da instituição de ensino, que é um dos critérios exigidos para possamos mudar de categoria administrativa, passando de faculdade para centro universitário”, afirma o diretor.

“O convênio permite que possamos realizar intercâmbio de alunos e professores entre os dois países, bem como, elaborar trabalhos científicos em conjunto, para serem publicados em revistas internacionais. Sem dúvidas, é um ganho muito importante para a Fafram, especialmente no que se refere à internacionalização”, completa Márcio Pereira.

Fonte: Tribuna de Ituverava

64633777 2283010211788655 6255927025505140736 n

64742887 2283010431788633 8874260714030628864 n

64771188 2283010115121998 4188217644794511360 n

Veja Também

Prev Next